Arte

O que é arte? Não quero a resposta de sempre. Não quero a definição certinha do dicionário, não quero todos os estudos, todas as etiquetas, e como tentam colocar tudo em caixinhas. Quando pergunto isso, quero a resposta sem definição, sem certeza, com a mesma subjetividade que o conceito carrega. Arte é tão simples, tão ampla, complexa e linda, é encontrada em tudo e todos.

Caso precise, a gente vai para a resposta de sempre, só para iniciar. Arte vem do termo latino ars, significa técnica e/ou habilidade. Pode ser vista como a atividade humana ligada à produções e manifestações de ordem estética ou comunicativa, que pode ser realizada através de uma grande variedade de linguagens, e assim, faz parte da cultura.

A arte e a sociedade batem papo. Muito se pode ver de uma arte pelo tempo em que ela foi produzida, como a sociedade recebeu e qual foi o seu impacto, se deixou marcas, se, quem sabe, na época não era considerada arte e depois foi.

Seria arte só aquilo que é produzido por artistas renomados? E o resto? Deixa de ser arte? Quem sabe nem tudo seja arte, mas pode virar, né? E quem faz arte? Qualquer um? A pergunta mais importante, quem sabe seria, porque fazemos arte? Todos fazemos arte? Com certeza todos nós podemos criar, certo? E de certa forma, gosto de pensar que todos criamos arte, qual que seja o tipo, qual que seja a linguagem, alguma coisa expressamos, produzimos e manifestamos como seres humanos.

Parece-me que não é muito uma questão de escolha e nem que seja só para alguns. Todos produzimos arte. É um reflexo da essência humana. Arte estava sendo feita muito antes de fazermos outras coisas muito importantes. Há muito tempo, por exemplo, não existiam galerias de arte, mas as paredes das cavernas estavam cheias de desenhos, cheias de artes. Não existiam livros tempos atrás, mas muitas histórias foram contadas ao redor de fogueiras.

Quando crianças criamos as nossas próprias histórias, brincadeiras e jogos. Imaginação a mil em nossos quintais, caixas de papelão podiam virar carros de corridas, foguetes que vão até a lua ou planetas distantes, um rolo de papel vira um telescópio e gravetos podiam ser varinhas mágicas. Com arte, o invisível se torna extremamente visível e vivo. E mesmo que nossas caixas mil e uma utilidades usadas na infância não irão parar em galerias de artes, elas ainda são arte, fizeram parte da nossa arte, da nossa criação. Coisa triste aquela expressão “não faça arte” que muito se diz para crianças, melhor mudar isso e dizer “façam arte!”, ou como diria Neil Gaiman, “faça boa arte”.

E a gente não parou. Lembre-se, tudo pode virar arte. Um prato de comida, a maneira como brincamos com cores ao nos vestir, ao nos maquiar, as danças em festas, profissionais dando o seu melhor em diversas áreas que, quem sabe, em um primeiro momento, você não consideraria uma arte, mas que todo o estudo, o trabalho, a dedicação, todo o processo criativo para se criar algo, é sim, uma arte. Nem sempre reconhecida, mas ainda assim, uma arte.

O processo criativo é o simples intuito de nos expressar, nossas ideias, nossas emoções, as histórias que queremos contar; escrevendo, cantando, atuando, dançando, desenhando, cozinhando, ensinando, costurando, semeando, limpando… tudo conta uma história. E essas ideias e criações não dependem de experiências loucas, aventuras sobrenaturais ou acontecimentos incríveis. A gente cria arte ao viver, observando a vida.

Não quero banalizar arte, desconsiderar grandes artistas, falar pouco da prática diária, do estudo e dedicação para desenvolver talentos, de jeito nenhum. Porém, ainda assim, quero que a gente veja mais arte naquilo que criamos. Porque a gente cria arte sim. Tem aquele ditado que diz que de médico e louco todo mundo tem um pouco, bem, eu acrescentaria que temos também um pouco de artista.

Fazemos arte para encontrar significado… ou melhor, quem sabe, fazemos arte para criar significado. E se todos criamos arte de alguma maneira ou outra, então criamos significado juntos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s