Inglês tem sido minha vida por muito tempo. Eu aprendi sozinha, por total ignorância de como trocar o idioma da televisão a cabo. No começo era estranho assistir desenhos animados e não entender nada. Após um tempo, porém, eu comecei a entender. Inglês era meu idioma secreto. O mundo dá suas voltas e a língua estrangeira que aprendi com desenhos animados foi minha profissão.

Línguas, no geral, sempre me fascinaram. O modo como cada povo desenvolve suas próprias palavras, expressões e gírias para se comunicar. Ou quem sabe, a fala é o que mais me impressiona. Como conseguimos juntar sons que fazem sentido e são entendidos por um país inteiro? Mesmo falando a mesma língua, em um país tão vasto como o Brasil, cada região tem suas próprias expressões, os seus próprios segredos. Sotaques variados a cada esquina.

Apesar do Inglês ser a minha língua secreta, relutei em começar a ler livros nela. Uma amiga, um dia, colocou um livro em Inglês na minha mão e disse “leia”. Não tive escolha. O mundo da leitura já era vasto para mim, eu tinha mil livros para ler, porém agora não era só uma porta, era um enorme portão aberto. Eu podia ler livros que nem ao menos haviam sido traduzidos para minha língua materna.

Um dia encontrei um dos meus livros favoritos em uma versão bilíngue. A página dividida em duas, Português e Inglês contando a mesma história. A experiência de ler em duas línguas foi eletrizante. A riqueza, a delicadeza, o detalhe e a suavidade de cada língua colocada em evidência máxima. As palavras que não tinham tradução, as expressões que precisavam ser transformadas, a tradução tentando ser tão poderosa quanto o original.

A tradução não pode ser julgada, mesmo quando falha em fazer o seu trabalho. Não há tradução perfeita. É o mesmo que tentar explicar sentimentos, interpretar gestos, entender ações. Às vezes a falha em uma tradução é ela ter sido traduzida. Não tente traduzir, não há tradução para tudo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: