Às vezes a gente precisa ignorar. Pode ser com frequência ou só de vez em quando, mas você vai ter que ignorar, fazer de conta que não viu ou ouviu. Não será falta de respeito, vai ser em nome do respeito. Você não vai querer desrespeitar ninguém, falar o que não deve e se arrepender depois. O melhor é ignorar.

Ignorar não quer dizer que você vai deixar a pessoa no vácuo. Você vai continuar falando com ela normalmente, apenas vai escolher ignorar algo que ela lhe disse. Isso também não quer dizer que você vai virar uma pessoa neutra, que não se envolve, que não tem opiniões, que não defende o que é certo. Você não vai ignorar tudo. Por exemplo, uma ofensa não deve ser ignorada, com respeito acho ótimo dizer que não gostou de algo que a pessoa lhe disse.

Você vai ignorar, entretanto, aqueles comentários desnecessários fazendo que você desista de algo que quer muito. Aquele comentário de uma pessoa que você nem ao menos conhece e que acha que pode opinar na sua vida. Aquela sugestão nada bem vinda do que você deve ou não fazer. Aquela intromissão indesejada que nem com todo o respeito do mundo você consegue encontrar uma resposta apropriada, daí você só ignora.

Ignorar é muito educado e fácil. Um sorrisinho e um aceno de concordância com a cabeça. Pronto, ignorado com sucesso. E você nem vai lembrar, nem vai lhe incomodar. Caso algo que você ignorar voltar a lhe assombrar, daí é com você e não mais com a pessoa que disse. E ignorar nossos próprios pensamentos não é uma tarefa tão fácil, é? Ignorar a energia negativa das outras pessoas, todavia, faz bem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: