Vancouver, eu tenho saudades. Só isso.

É algo que nem cabe em mim, eu tenho SAU-DA-DES!

E quando digo isso em alto e bom som, não estou tentando ser a “viajada” e “internacional”. Eu não estou tentando ser chique. Por favor, mundo, me entenda, eu só tenho saudades. Você espera mesma que eu viva um mês tão intenso e volte sem saudades? Sem lembranças? Sem desejar voltar caminhando se for preciso?

IMG_9090

Tem dias que eu sento com uma xícara de chá de maple leaf, fecho os olhos e tento me convencer de que estou lá. Estou em Vancouver. Eu revivo as memórias, sinto os cheiros e gostos de novo, lembro das risadas das pessoas ao meu lado, do sorriso estampado no rosto, do cansaço no fim do dia, da chuvinha fina caindo o dia inteiro, de colocar e tirar casaco toda hora, de quase perder minhas luvas todo santo dia, de falar inglês e português misturado (we are going to the Waterfront station agora, are you ready? Quanto antes a gente for better, para não se atrasar, you know? Porque depois we are going to Stanley Park, o lugar mais lindo of this city, então, let´s go?!).

Eu tenho saudades de pegar o SkyTrain cheio de gente. De ter que esperar, às vezes, uns dois ou mais trens passar para poder entrar em um. Tenho saudades de levar as pessoas aos meus lugares favoritos e ver se tornar o lugar favorito delas. Eu sinto tanta falta de todo dia tirar fotos das montanhas, porque elas nem ao menos pareciam reais. A família implorando “tem foto de outra coisa que não seja montanha?”. Tem, sim, família! Saudades de mandar foto deitada na neve, enquanto todo mundo mandava foto em piscinas no Brasil. Saudades até de usar duas calças.

IMG_9473

Não vamos falar da falta que Tim Hortons faz – porque ela é real e não vou superar.

IMG_9517

Eu tenho saudades das pessoas também. Cada uma delas. Dos amigos internacionais, das suas histórias, das suas culturas, dos seus sotaques. Sinto falta de aprender com eles, de saber mais como eles veem o mundo, saber mais sobre seus sonhos, suas alegrias, suas dificuldades. Dividir momentos, lições, risadas e muito mais. E ver que no fundo, apesar de vir de países diferentes, somos todos iguais. Amém internet, que permite que essas amizades continuem.

Saudades de explicar que o Brasil é muito mais que samba, futebol e carnaval. O nosso país é tão diversificado e cheio de belezas naturais. E de quase sempre ter que dizer “não, não falamos espanhol, falamos português, sim, são línguas parecidas, porém bem diferentes, falar uma não significa falar a outra, obrigada”.

Vancouver, é isso… eu tenho saudades. Um dia eu volto (de novo), tá?. Muito obrigada por todos os momentos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: