Crônica

Favores

     Todos nós já pedimos um favor para um amigo. E todos já fizemos um favor para alguém. É um círculo de ações positivas que fazemos uns para os outros. Gentileza gera gentileza.

     Uma coisa importante para aprender com favores é que eles não geram créditos. Se você fizer um favor para alguém, não quer dizer, necessariamente, que aquela pessoa lhe deve alguma coisa. Muitas vezes o favor é para um completo estranho, alguém que você nunca mais vai ver. Os favores só valem mesmo quando são feitos sem esperar retorno. É claro que é muito mais bonito e mágico quando é recíproco, uma via dupla, algo que vai e vem, mas não se deve esperar. Sem falar que o melhor retorno, às vezes é, o abraço de agradecimento.

     A única certeza ao fazer um favor de bom grado para alguém é que um dia, essa positividade, voltará para você. É lei e acontece. Tudo o que você faz de bom retorna para você (e o que você faz de mal também).

     Algumas dicas (interessantes) sobre favores: não faça favores contra a sua vontade, não seja escravo de favores, não se sinta culpado por não retribuir um favor, não abuse ao pedir um favor, não espere mais do que você pediu.

     Favor bom é aquele que é feito com vontade, que não lhe cansa, que não faz com que você sinta que está endividado, sendo abusado ou sendo abusivo, que cumpre seu papel e que tenha um abraço como agradecimento. Que tal começar o ano fazendo alguns favores e recebendo alguns abraços de agradecimento?

bird-1081980_1920

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s