bubbles

Todos nós fomos crianças. E foi tão bom! Melhor ainda quando entendemos que mesmo crescendo, ainda podemos ser crianças. Podemos brincar, pular, se sujar, comer sorvete, usar roupas coloridas, cabelos coloridos e ir para Beto Carrero/Disney e nos divertir tanto quanto quando éramos pequenos. Um adulto pode usar relógio do Mickey Mouse, camiseta das Meninas Super Poderosas, tênis All Star de qualquer cor, ter ursinhos de pelúcia, colecionar gibis e assistir desenho animado. Quem disse que não, estava muito errado. Cultivar a criança interior é tão importante quanto crescer.

Ainda assim, precisamos crescer. Assumir responsabilidades, assumir nossos erros, nos responsabilizar e nos comprometer com o que fazemos e deixamos de fazer. Ainda precisamos entender o lado dos outros, deixar os choros para o conforto e privacidade de nossos quartos, erguer o queixo durante as quedas e seguir em frente. Crescer e amadurecer não é fácil. A gente pensa que sim, mas não é nem um pouco. Esse processo não nos exige que deixamos Bob Esponja de lado, porém, as criancices precisam morrer.

Deixe a sua criancice com a sua falta de responsabilidade lá no passado. Não a carregue para o futuro, não vai lhe fazer nenhum bem. Deixe as suas desculpas baratas também. Deixe os seus pequenos acessos de raiva e de choro em um cemitério de comportamentos que você não mais faz. E por favor, não traga para o futuro essa mania de achar que é o centro do universo. O seu umbigo não é o mais importante. Faça questão de deixar essa sua insistência de que as pessoas dediquem tempo integral a você. De novo, para que ninguém esqueça: Deixe. Sua. Criancice. No. Passado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: