Canal Xícara Quente · Crônica

Aceito explicação científica de Bangtan Sonyeondan (BTS)

Eu lembro até o dia. Era madrugada de sábado para domingo, 22 de maio de 2016. Lá estava eu olhando vídeos aleatórios no Youtube quando apareceu uma recomendação que me chamou a atenção. Era BTS.

Eu reconhecia as letrinhas do alfabeto coreano, porque já acompanhava um pouco do kpop (música pop da Coréia do Sul), principalmente BoA, 2NE1 e Psy. Sem saber que estava prestes a cair em um fundo buraco rumo ao kpop, eu apertei play para assistir o vídeo.

Eu me apaixonei na hora. Amei a música (mesmo sem entender nada – música tem disso, né? Você não precisa entender totalmente para que ela tenha efeito em você), o visual dos meninos, a dança. Eu lembro que assisti duas vezes, porque simplesmente não acreditava. “Quem são vocês e de onde saíram?”, eu me perguntava. As próximas recomendações do Youtube foram relacionadas a eles. Apresentações em programas, entrevistas engraçadas, shows pelo mundo (inclusive no Brasil) e mais vídeos. Eu olhei quase todos os vídeos musicais deles naquela madrugada.

Havia algo na música deles que me chamava muito a atenção, a minha felicidade ao ver a tradução foi constatar que eles não estavam cantando qualquer coisa, mas canções de verdade, composições bonitas e com mensagens. A dança deles, o nível de energia e carisma em suas performances me revitalizou. Posso dizer que virei ARMY (como são chamadas as fãs do grupo) da noite para o dia.

Ser fã do BTS é uma coisa muito louca. Eu acredito que nunca gostei de um grupo tanto quanto gosto deles. Eu sempre fui muito fã de Spice Girls, Backstreet Boys, N’Sync, New Kids on The Block e Mamonas Assassinas. Tive todos os álbuns da Britney Spears, tive quase todos os álbuns do Korn (é, eu sei, muito eclética), mas agora que amo BTS, penso que nunca tive esse nível de fangirl pelos outros. Vale ressaltar que gosto deles em um nível bem saudável (tenho fotos deles na parede, porém sei que não vou casar com eles, tá?). Entretanto, como diz no título, eu aceito explicação científica de porquê gosto tanto desses meninos.

Antes de entrar no kpop eu recomendo você ter certeza que quer se afundar. É porque não é só BTS. Eu sou muito fã agora de tudo. É uma lista sem fim de todos os grupos e cantores sul coreanos que estou acompanhando, sem falar dos doramas (novelas asiáticas). Gostar de kpop fez com que quisesse aprender coreano e buscasse literatura sul coreana. E durante minha pesquisa percebi que nunca li nenhum autor coreano e tantas outras literaturas do mundo que eu nunca nem pesquisei. E comecei um projeto pessoal para expandir minhas leituras.

E li meu primeiro livro sul coreano “A vegetariana” da Han Kang, até o momento uma das experiências literárias mais fantásticas da minha vida.

Também por causa de BTS, eu conheci muitas pessoas. Uma das melhores coisas foram as amizades, com certeza. Pessoas que conheci pelo Twitter, amigas que fiz em minha cidade, amigas que conheci durante a fila e no show (ah sim, eu fui ao show deles aqui no Brasil, um dos melhores dias da minha vida).

 

Hoje o BTS ou Bangtan Sonyeondan (para o português algo como “garotos escoteiros à prova de bala”), está completando quatro anos de estrada, de muito trabalho duro, de muitas músicas e dedicação. Eu gostaria de poder dizer que estou com eles desde o começo (o que eu estava fazendo há 4 anos atrás no dia 13 de junho?!), porém, estou feliz de estar há um ano acompanhando o trabalho desses 7 meninos.

IMG_4804

Imagem: BTS Facebook Oficial

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s