Crônica

A vida e os planos

Quando um ano novo começa vem com ele esse sentimento de renovação, das possibilidades que se abrem e das portas que podemos abrir. E é importante se alimentar dessa sensação e fazer as famosas resoluções.

É um mistério porque gostamos tanto de listar nossas resoluções durante o final do ano e esquecê-las assim que o ano vira. Ou será que nossas metas são tão difíceis de serem cumpridas e por isso as deixamos de lado? Seria falta de planejamento?

Há uma frase que diz “Um objetivo sem um plano não é mais que um desejo”. Durante as festas de final de ano apenas temos os desejos em mente. Geralmente, estamos de férias e não paramos para pensar e nos organizar, não pensamos em nossa rotina atribulada e como encaixar tudo que precisamos fazer e mais aquilo que desejamos. E então, o ano realmente começa, a rotina nos atropela e todos os desejos ficam para o próximo ano.

A resposta, então, na teoria, é fácil. Tenha um desejo, estabeleça uma meta e planeje sua estratégia (de guerra) para alcançar. Pronto! Na prática não é tão simples, mas basta focar e realmente querer e evitar que as resoluções tenham apenas uma semana de validade.

Uma ideia melhor seria não depender da virada do ano. Nós devíamos ter resoluções todos os dias, pequenas coisas para melhorar nossa vida, um pouquinho de cada vez. Nunca é tarde para tentar recomeçar.

O segredo, quem sabe, seja planejar sempre. Porém, já dizia um ditado “enquanto fazemos planos, Deus dá risada”. Não é que Ele esteja debochando. Não, Ele apenas ri alegremente do quão desavisados estamos das surpresas boas da vida. John Lennon disse certa vez que “a vida é aquilo que acontece enquanto você está fazendo outros planos”. Então, planos são importantes, com certeza, entretanto, é importante não só se fixar no destino, mas também saber aproveitar a viagem.

Se você não curtir a viagem, fixar-se apenas no destino, perde momentos importantes, fica alheio a tudo que está acontecendo à sua volta, as pessoas que poderia estar conhecendo, os detalhes que perceberia, a paisagem que lhe deslumbraria, uma boa ação passaria despercebida, lhe escaparia a chance de fazer o bem para alguém.

A vida é movida por pequenos detalhes, por abraços de chegada e despedida, por contatos antigos que retornam, de risos compartilhados, beijos secretos, um sorriso que salva o dia, uma piada que anima, um convite para ir na piscina em dia quente, um ombro emprestado no qual chorar, um tererê gelado quando o ar condicionado falhar…

Que esse novo ano que inicia você tenha metas e forças para segui-las, que tenha foco e que chegue ao seu destino com sucesso. Mas, principalmente, desejo que viva os detalhes da sua vida e aproveite a viagem como um caroneiro mesmo sendo o motorista.

paisagem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s