Eu disse oi para os meus 27 anos. Gostaria de dizer que abracei a idade, sorri, demos risada e viramos melhores amigas. Porém, não foi bem assim. Não me entenda errado. Não sou daquelas que pensa que está envelhecendo, procurando rugas que ainda não existem. E também nunca tive problemas em dizer a minha idade (quando perguntam a minha idade eu falo numa boa). O meu problema é com os 27. Essa idade cabalística. Tem até um clube (o famoso clube de artistas que faleceram nessa idade apocalíptica). E por mais irracional que seja, eu me pergunto, “vou sair viva dos 27?”. Eu sou dramática e meio exagerada, e por mais que acredite que irei passar por essa idade numa boa, eu já até me imagino chegando aos 28 me arrastando, cheia de cicatrizes, sangue pela roupa, implorando por misericórdia. Parece que aos 27 você está destinado a fracassar.

Tem aqueles que riem de mim. Dizem que estou sendo boba e tal. Pode ser, e eu até concordo com eles. É só mais um ano na minha vida, não preciso deixar uma idade específica me abalar. Entretanto, é mais forte que eu, e ao me olhar no espelho com 27, vejo alguém diferente (e com espinhas, que decidiram aparecer agora). Ao ver minha sombra ao sol da tarde, percebo que ela mudou. Ao mesmo tempo, nada, absolutamente nada, mudou. O ano passou, minha idade aumentou, só isso. Só preciso lembrar de dizer 27 e não 26. Pronto.

E logo quando estamos velejando por águas calmas, alguém vem e fala sobre Saturno. Astrologicamente, acredita-se que o retorno de Saturno acontece quando nos aproximamos dos trintões da vida, é um momento que pede por amadurecimento. É aquela velha história “ou vai ou racha”. Tento me acalmar, falta um pouquinho ainda para os trintões, não preciso me preocupar se Saturno vai voltar ou não. Porém, ao olhar para o céu estrelado de noite, acabo perguntando para o universo “e aí? Saturno está voltando ou não?”. Diz para ele demorar!

Mais uma vez, me preocupo com os 27. Apesar de adulta, eu ainda assisto Bob Esponja, tomo Toddynho, leio livros infanto-juvenis, curto tudo que é teen e cool, e tem dias que esqueço que tenho responsabilidades de gente grande. Muito mudou desde a minha adolescência, mas ainda penso como pensava. Só a idade e os deveres mudaram, a cabeça, de certo modo, ainda é a mesma. Ou não é? Daí vem esse 2 e esse 7 atrapalhar tudo e me dizer que preciso atravessar essa ponte, parar de dormir abraçada a um bichinho de pelúcia, não temer mais o escuro, nunca mais comer Trakinas e tomar cocão com os amigos, porque agora, bem, agora eu tenho 27 anos. E a ponte, após atravessada, pega fogo enquanto o destino me encara implacável com sede do meu sangue, me desafiando a chegar inteira aos 28.

Bem, tenho novidades. Atravessar a ponte? Sim, vou atravessar agarrada no ursinho de pelúcia e determinada a nunca deixar minha criança interior morrer (Bob Esponja, nunca te abandonarei). Se o destino está se achando implacável, é porque ele não me conhece. Eu cheguei até os 27 com louvores. Se tenho medo? Tenho, muito. Prefiro o colo da minha mãe? Prefiro. Vou chorar e pensar em desistir? Vou. Mas também vou erguer a cabeça e vou encarar meus desafios como sempre encarei. Vou acreditar em mim como sempre acreditei. Atravessarei e queimarei quantas pontes precisar, porém, ainda serei eu, com 27, 28, 29… e se Saturno vier, daí a gente conversa.

27

Anúncios

One Reply to “Quando chegam os 27…”

  1. Nossa! Me identifiquei muito com esse post rsrs
    Cada ano que passa, penso sobre a idade que irei fazer e sempre bate aquela famosa “bad”. Antes era complicado. Mas aos poucos estou sabendo lidar com a idade. Entendo que é algo relativo. Existem pessoas novas com 70 e pessoas velhas com 20 rs. O que importa é nunca perder a essência e sempre procurar ser melhor a cada dia, aprender coisas novas e como você mesmo disse, nunca perder a criança interior rs.
    Sem neuras! hein rsrsrs

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: